sexta-feira, 2 de julho de 2010

#CALAABOCAGALVÃO

Vamos lá, vamos falar da Copa do Mundo. Esse texto parece atrasado, mas nem está. Até porque, enquanto o Brasil não for eliminado ou mesmo ganhe pela sexta vez o título de melhor do mundo, todos os olhares estão voltados para África do Sul. Acho bom o Brasil ser reconhecido como país com melhor futebol do mundo, até porque a outra atividade por que somos bem conhecidos aqui e no exterior não ficaria legal sendo considerada oficialmente a paixão nacional, o crime. Mas que é um saco ter que entrar nessa onda verde-amarela que vira febre durante esses dias apenas por obrigação, ah isso é. Não pode nem sequer ser levantada a hipótese do país ser eliminado a qualquer momento sem que alguém olhe pra você com um olhar de reprovação. Torcer pra outra seleção, então, nem pensar.

Se você gosta de por bandeiras brasileiras espalhadas pela casa, legal!

Se você gosta de pintar o seu rosto nas cores da bandeira, bom pra você!

Se você se emociona vendo os jogadores tentando cantar o hino nacional no início da partida, beleza!

Mas não encha o saco de quem não gosta de nada disso!

Sei que é péssimo quando se defende com intensidade alguma coisa e uma outra pessoa tenta rebater seu ponto de vista apenas por pensar diferente. Sim, sei bem como é isso! Eu sou brasileiro também. Acho uma merda quando tendo inserir uma conversa mais elaborada com um bando de gente ignorante e não tenho retorno. Ou quando pelo mínimo de consciência ecológica guardo as embalagens de tudo (quase) que como ou uso na mochila ao invés de  simplesmente jogar no chão, quando estou na rua.  Ou mesmo quando me esforço pra não levar nada do meu local de trabalho que não tenha sido me dado por meu chefe pra casa.

Tá vendo como é ruim ir de encontro a questões culturais de uma nação?! Será mesmo que porque a maioria está indo numa direção, quem estiver indo pra uma outra estará no sentido contrário?

Não tô aqui pra dizer nem que sim nem que não, mas apenas na expectativa que na pior das hipóteses você apenas pense no que esta lendo!

Pra mim a melhor coisa dessa Copa vai ser, sem sombra de dúvidas, a campanha gerada pela galera do Twitter em torno daquele que, junto com a bandeira nacional, o hino e o brasão federativo é um símbolo brasileiro: Galvão Bueno. Campanha essa que apelava pela coisa mais sensata que ele deveria fazer, mas não fez, calar a boca!

Mas apesar da euforia com o campeonato mundial, não se esqueça que esse ano é também ano de eleições, então guarde bem a sua camisa canarinho e a sua vuvuzela pra demostrar com a mesma paixão que você torceu pela trupe de Dunga seu amor pelo país na hora de escolher um governante nas eleições.

Tem mais, desde o primeiro momento que bati o olho naquele Zakumi achei que ele era emo, repara na franja!

É isso…

Nenhum comentário:

Postar um comentário