quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Nada muda se você não mudar.


É clichê, mas tem sentido.
Ao terminarmos um ano sempre colocamos nossas expectativas de que no próximo que vai chegar tudo irá mudar.
- Vou emagrecer!
-Vou parar de fumar!
-Vou entrar na faculdade!
-Vou me casar!
-Vou frequentar uma igreja!
-Blá blá blá...
Com dois meses passados do
Ano Novo e "descobrimos" que abandonamos nossas metas, por quê?
Por que nada muda se nós não decidirmos mudar.
Mudanças drásticas são mais difíceis de serem administradas do que as progressivas, mas não é por isso que vamos 'empurrar com a barriga'. Além do que, temos que ser coerentes com as mudanças que desejamos. Até para que fique mais fácil de cumpri-las.
Nada de querer a paz mundial em 2009, comece sendo mais tolerante com os que estão ao seu redor. Acredito que isso já seja alguma coisa.
E tenha maturidade pra aceitar que existe uma porcentagem de chances de algumas delas, suas metas, não darem certo. Afinal de contas, é só mais um novo que se inicia. Ainda seremos nós mesmos, o mesmo mundo e o mesmo DEUS. O tempo não zera pra começarmos de novo. Só o calendário que muda.
Mudar é preciso sempre.

Feliz mudança de ano ou ano de mudanças, só depende de você!
Até mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário