sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Qual o mérito da beleza?



Ser inteligente te faz conquistar muitas coisas como conhecimento, bons empregos, bons contatos. Até mesmo quem não é inteligente (de forma notável), mas possui uma habilidade especifica pode ser bem sucedido em alguma atividade licita ou não (ladrões e políticos, por exemplo), mas qual o mérito da beleza?
Ser bonito (apenas) serve pra quê!?
Claro que uma Gisele Bundchen dá vida não tá nem aí pra esse questionamento. Mas eu posso, não sou bonito.
Falta de auto-estima, de amor próprio?

Não, espelho mesmo.

Não tenho um arquétipo físico padrão ao da mídia ou ao da moda. Estou fora.
Mas, não me angustio por isso sou inteligente (modestamente) e acima de tudo tenho algo de muito valor dentro de mim, JESUS CRISTO.
Mas quem não tem nada disso e quer ser incluído no "Hall da fama", pode sofrer muito.
Parece-me que quem tem esse dom (da beleza) precisa estar sempre o mantendo, retocando ou aperfeiçoando. Para isso é preciso grana, uma boa grana.

Beleza+dinheiro= sucesso!!!

Enquanto eu e você, meros mortais vivemos nossas vidas corriqueiras, mas extremamente verdadeiras. Eles (os "agraciados" com a perfeição) se deprimem se não estiverem no centro de todos os holofotes. Mas se não a culpa não é minha (e nem sua). É que eles esquecem que foram apenas dotados de formosura e não de sabedoria (geralmente... 80% das vezes na minha ótica). E querem falar, emitir opinião sobre assuntos que desconhecem a fundo e é justamente aí que está o problema... O que pessoas vazias tem a transmitir?


Esse post se refere a pessoas plasticamente lindas. Rosto simétrico, corpo longilíneo, cabelos lisos perfeitos, etc. e tal.
Se você é apenas... bonito, não é com você que eu estou falando.

Abração a todos e passar bem!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário